Amanhecer

zombie-1464386

Encontrou-se naquele cubículo cheirando a tudo, menos humanidade. Sentia-se um lixo, naquele amanhecer. O resumo da noite anterior precipitava nas olheiras daquele ser do espelho. A palidez esverdeada o fez olhar duas vezes. A ausência de um dos lóbulos embrulhou o estômago. Trêmulo, jamais sonhara mergulhar naquele pavor. Ao se inclinar para lavar o rosto percebeu as roupas em trapos. Alguém o mordera próximo ao umbigo. Gritou. O mundo estava ausente.

 

(Publicado originalmente no grupo EntreContos do Facebook)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s