Chá? (Evelyn Postali)

Micro Estórias

Ouviu a campainha. “Hora de zarpar…”, lembrou-se da viagem. “Quando mesmo?” Levantou com a ressaca martelando. Calçou as pantufas. Abriu a porta e apertou os olhos – inútil tentativa de proteger o cérebro da luz. O, até então, hipotético abominável homem das neves, estava diante dele. Fechou a porta, indeciso. “Do que mesmo era aquele chá?”

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s