Microcontos 61-65

61

MC61

Alice e Lewis conheceram-se naquele pub de Oxford – The Eagle and The Child. Indicação do amigo João Ronaldo. Depois daquela noite, entre lençóis, salsa caribenha e samba, decidiram seguir para Sydney. A intenção era ver cangurus.

 

62

MC62

Valadares de Azevedo fazia seu discurso escatológico diante do painel computadorizado.
— Temos nas mãos uma arma poderosa! O fim do mundo e do homem resumida na peste provocada pela invasão dessa espécie de taturana modificada geneticamente. Nossas pesquisas avançaram. — Os outros cientistas observavam-no em completa mudez. — Queimaduras. Lesões extensas com formação de vesículas de sangue, mais terríveis que o próprio ebola. — Agitava a caneta de laser, enquanto as imagens passavam, mostrando as figuras deformadas.
— Que essas informações não saiam daqui — Um dos homens sentados à cabeceira da mesa advertiu.
Do outro lado da sala, Pompeu encolheu-se na cadeira, longe dos olhares, e mordeu o sanduíche, sentindo a corda apertar o pescoço.

 

 

63

MC63

Na lista, só aventura, ação e ficção científica. Abandonou os dramas quando terminaram as caixas de lenço.

 

64

MC64

Tony juntou-se a Maurice, Barry e Robin. Olivia e Yvonne esperavam por eles para os embalos daquela noite. O sábado foi marcado pelo som da discoteca e pela saudade.

 

65

MC65

Depois de comido, o fungo fez efeito no bonobo. O macaco saltava de um banco a outro. A cada pum, o espaço ficava mais insuportável.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s