Divulgação

Divulgação

Trilhas de Silêncio ganhou mais uma resenha! Desta vez da Claudia Mina, escritora, gamer, cinéfila e maquiadora. “Trilhas de Silêncio é um livro que retrata as emoções e conflitos do jovem Israel, que junto com a busca de respostas para … Continuar lendo

Trilhas de Silêncio ~ Primeira Parte

Trilhas de Silêncio ~ Primeira Parte

Capítulo 2 — Bom dia, seu Vitório. Vitório, na porta, cumprimentou-o com um aceno de mão e voltou a olhar a rua. — Bom dia, Vicente! — Bom dia, dona Janice. — Descansou a mão no balcão, ao largar o … Continuar lendo

Trilhas de Silêncio ~ Primeira Parte

Trilhas de Silêncio ~ Primeira Parte

  Capítulo 1 Com o sol a pino, a fome apertava. Devia ter dado ouvidos à senhora Janice, a dona do armazém. Comer antes de uma distância daquelas era uma questão de sobrevivência, porém a pressa de chegar se fazia … Continuar lendo

Resenha

Excelente!!
“Trilhas de Silêncio” é um livro surpreendente. Foi uma leitura deliciosa e envolvente, que me prendeu do início ao fim. Detalhado na medida certa, senti como se conhecesse Lagoa Bela e seus habitantes. Os personagens são cativantes e muito bem construídos, com personalidades fortes.
Amei todo o mistério envolvendo a vida de Vicente, os motivos do seu isolamento, a trama bem construída em torno do seu passado.
Assim como a determinação de Israel em buscar o que procurava, sem nunca desistir. Como não amá-los? Como não se encantar com a maneira com que os laços foram sendo construídos, aos poucos e de uma maneira tão sólida?
Perfeito. Super recomendo a leitura.

Por Mariana Kath
Skoob

Imagem2.jpg

Resenha

Um romance psicológico que ativa a imaginação do leitor… 
“Trilhas de silêncio” é um romance que desconstrói a visão estereotipada de que é preciso ter sempre um protagonista e um antagonista fortes, de que uma história cativante se faz com conflitos o tempo todo. Porque há textos e personagens que vão nos conquistando lentamente… Sem alarde. Cuja ação, interna, é focada no não dito; e o tempo psicológico, denso, vai penetrando pelos poros e ativando a imaginação do leitor.
Mas como já escreveu a autora, na voz do protagonista Israel Morelli: “Histórias comuns não existem, porque nenhuma, de verdade, pode ser assim considerada. Contar uma história não é senão contar um pedaço de nós, já que as palavras vão vivificando os fatos, em especial se nós fizemos parte total ou parcialmente deles”. E de banal não há nada na história de Israel e Vicente.
Evelyn Postali foi muito feliz em criar esse belo romance psicológico, ambientado em um período de extremo abafamento de verdades, de cerceamento de liberdade. Mas é nesse clima que surge uma linda e improvável história de amor entre duas pessoas que se conhecem em circunstâncias de busca ‒ de um ‒ e fuga ‒ de outro.
Impossível ler “Trilhas de Silêncio” de maneira indiferente!

Por Kyanja Lee.
site: kyanjalee.com.br

trilhas